Alguns poços em comunidades próximas à mina já foram fechados por suspeita de contaminação. Isso não pode ter acontecido por causa da atividade da INB?

Não. Um estudo detalhado desenvolvido por especialistas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e entregue aos órgãos ambientais do estado da Bahia esclareceu a questão e resultou na abertura dos poços. De acordo com o estudo, as águas que passam pela INB Caetité não chegam às comunidades onde os poços foram fechados. No caso da comunidade de Maniaçu, além de estar localizada em bacias hidrográficas distinta da URA, elas estão separadas por um importante divisor de água, um morro com algumas dezenas de metros. O mesmo acontece com a comunidade de Juazeiro. Já nas comunidades de Barreiro, Cercadinho e Varginha os córregos deságuam na margem esquerda do Riacho das Vacas, em local situado antes da INB. Portanto, as águas que passam na mina não têm como chegar àquelas comunidades.


Data da última atualização: 14/07/2016 18:05:46

COMPARTILHE NAS MÍDIAS SOCIAIS:

Perguntas Relacionadas

...