Por que se decidiu implantar a mineração de fosfato e urânio?

Após os estudos que confirmaram a reserva mineral de Itataia e a classificaram como reserva de fosfato, a INB fez diversas investidas na busca de um parceiro para a implantação de um empreendimento que possibilitasse sua exploração. No passado, devido à ausência de mercado consumidor de fertilizantes fosfatados na região Norte/Nordeste, trabalhava-se com a hipótese de transferir todo ácido produzido para o mercado consumidor da região sul do Brasil. Este fator tornou inviável economicamente a implantação deste empreendimento durante muito tempo.

Atualmente, com a expansão da fronteira agrícola para o Norte/Nordeste, a região passou a ser um importante mercado consumidor, que vem sendo atendido exclusivamente com produtos importados. Este fato tornou factível a implantação do Projeto Santa Quitéria. Assim, a INB buscou na iniciativa privada, através do processo de carta-consulta, empresas da área de fertilizantes para formar parceria com a INB para explorar a jazida. Em junho de 2009, o Conselho de Administração da estatal anunciou a Galvani como parceira no Projeto Santa Quitéria. Da associação entre as duas empresas, surgiu o Consórcio Santa Quitéria.


Data da última atualização: 14/07/2016 10:09:34

COMPARTILHE NAS MÍDIAS SOCIAIS:

Perguntas Relacionadas

...