Quais são as etapas percorridas em sua fabricação?

Depois de enriquecido, o urânio em forma de gás é transformado em pó – o pó de dióxido de urânio. As fases operacionais para a produção do pó de dióxido de urânio (UO2) são as seguintes:

Vaporização e alimentação do hexafluoreto de urânio (UF6): o urânio enriquecido ate 5%, na forma de UF6, é levado para aquecimento numa autoclave para vaporização e alimentação do processo.

Precipitação: no estado gasoso a 100°C, o UF6 é enviado para reação em um tanque, denominado precipitador. Neste tanque pré-carregado, o UF6 é misturado por borbulhamento em solução aquosa, com outros dois gases reagentes: gás carbônico (CO2) e o gás amoníaco (NH3).

Filtração, Lavagem e secagem do tricarbonato de amônio e uranila (TCAU): a reação química entre os compostos produz o TCAU, sólido amarelo. Em seguida, o conteúdo do precipitador é bombeado para filtros rotativos a vácuo onde o pó de TCAU é lavado e secado.

Redução química: o TCAU é, então, enviado para a fase seguinte do processo num forno de redução química de leito fluidizado. Neste forno, a temperatura media de 540°C, o TCAU é alimentado juntamente com gás hidrogênio (H2) e vapor d’água, em contracorrente.

A reação do TCAU com o gás hidrogênio (H2) é instantânea, liberando grande quantidade de gases (gás carbônico e amoníaco) e calor. Os gases são aspirados para um lavador absorvedor e a solução reconduzida para utilização em outra etapa do processo.

Estabilização do pó de UO2: o pó de UO2 é, então, resfriado até cerca de 80-90°C onde recebe a adição de ar seco para que possa ser estabilizado e manuseado em condições ambientes. Completada a estabilização, a batelada de pó de UO2 é descarregada por transporte pneumático para tambores de geometria especial para composição de lotes maiores e controle de qualidade físico-química.


Data da última atualização: 14/07/2016 11:20:19

COMPARTILHE NAS MÍDIAS SOCIAIS: