Recursos

O Brasil possui recursos significativos de urânio, o que leva o país a ocupar a sétima posição no ranking mundial. Os recursos são da ordem de 309.000 toneladas de urânio contido (U3O8), distribuídas entre os estados da Bahia, do Ceará e outros.

Estima-se que os recursos sejam ainda maiores, já que menos de um terço do território brasileiro foi alvo de pesquisas minerais. A região Norte do país tem potencial para abrigar mais de 300 mil toneladas de urânio. Já foram identificadas potenciais áreas em Pitinga (Amazonas), onde o urânio encontra-se associado a outros minerais, e no Pará.

Os países com maior potencial de recursos de urânio são: Austrália, Cazaquistão, Canadá, Rússia, África do Sul, Nigéria e Brasil.